Dicas para lavar e tirar manchas de roupas


stained-shirt

Hoje veio uma amiga aqui em casa e me perguntou como tirar mancha de coca -cola de camiseta.
Então peguei meu livro Sebastiana Quebra Galho e retirei essas informações que tenho certeza pode nos ajudar muito nas horas de aperto.


LAVANDO ROUPAS BRANCAS

Se antes de lavar uma roupa branca, verificar que ela está com manchas de transpiração, proceda da seguinte forma:

1 – Para manchas leves – Passar o sabão seco no local manchado antes de molhar o
tecido, deixando agir por algum tempo. Depois proceda a lavagem comum.

2 – Para manchas maiores – proceda como descrito acima, mas exponha a parte
Manchada ao sol.

3 – Para manchas antigas – Misturar o sabão Lux com bórax em partes iguais.
Umedeça essa mistura com água pura – apenas o necessário para formar uma
Pasta. Esfregue-a nos lugares da mancha, deixando ficar assim por algumas
Horas (se possível, expor ao sol por algum tempo). Depois, lavar normalmente.

CAMBRAIA: Lavar em água quente com “fel de boi”, e depois com água fria aromatizada para tirar seu odor. Não torcer, apenas apertar com as mãos. Use para engomar essas blusas, assim como as de opala, a água em que se cozinhou o arroz (goma de arroz).

CAMISAS: Se o punho e golas estão encardidos, antes de serem lavadas esfregar as partes manchadas com um pedaço de sabão de coco enxuto. Deixe assim ficar por alguns minutos. Mergulhe então as camisas, de uma só vez, na água com detergente e termine de lavá-las normalmente.
No calor, na hora de usar a camisa branca, passe um pouco de talco no lado de dentro dos punhos e dos colarinhos. O talco, absorvendo o suor, evitará que este grude na camisa.

FRALDAS: Para desencardi-las, sem usar amônia ou água sanitária, coloque-as, logo após o uso, dentro de um balde esmaltado, contendo água com bicarbonato. Depois lavar normalmente.
As fraldas devem ser fervidas de vez em quando.

LENÇOS: Água salgada é ótima para lavar lenços de nariz, de pescoço ou de cabeça. Basta deixá-los de molho nesta água durante uma hora, antes de enxaguar.
Para clareá-los, mergulhe também em água fria, onde foi dissolvida uma colher (chá) de cremor de tártaro, para cada litro de água.
Os lenços de nariz não precisam ser passados a ferro, se forem esticados, logo após a lavagem, sobre azulejos do banheiro.
LINHO BRANCO: Usar os mesmos processos da roupa branca, podendo também ser lavado em água quente onde se juntou um pouco de bórax pulverizado e uma colher de essência de terebintina.
Hoje em dia é muito difícil encontrar um linho puro. Mas, para saber se ele é legítimo, pegue uma pequena amostra e pingue sobre o tecido uma gota de óleo. Se a gota conservar sua forma redondinha, fique tranqüila, porque o linho é puro; caso contrário, ele é misto de algodão (semi-linho).

ESTAMPADOS: Todos tecidos estampados devem ser lavados rapidamente, para que não manchem. Não podem ficar de molho, e muito menos exposto ao sol. Secar à sombra.
Os tecidos não descoram e não mancham, juntando-se à última água de enxugar, sal e vinagre.
Se o tecido listrado ou estampado de fundo branco manchou ou desbotou, quando posto para secar, deve ser lavado à água novamente, enxaguando-se várias vezes acrescentando-se à última água (pouco) três colheres (sopa) de vinagre. Em seguida, apertar bem o tecido entre dois panos secos, secar à sombra e passar a ferro enquanto estiver ainda úmido.

AZUL E VERMELHO: Ficam como novos se, depois de lavados, passarmos numa solução fraca de água com soda.

BORDADOS DE COR: Lavam-se com água e sabão branco, e na última água juntar um pouco de vinagre.

VERDE E VERMELHO: A chita ou o algodãozinho estampados nessas cores desbota facilmente; coloque então na água um pouco de limão, vinagre ou ácido nítrico.

TECIDOS DELICADOS: Esses tecidos devem ser lavados numa mistura de 1 colher (sopa) de essência de terebintina para 10 litros de água. Depois enxaguar em água fria e bem salgada.

TECIDO PRETO: Os tecidos pretos não perdem a cor nem encolhem, se após a lavagem ficarem de molho por alguns minutos numa água com sal ou potassa.
Para que a roupa preta que foi lavada não fique sem vida nem perca o seu tom negro, basta misturar à última água chá forte de folha de figo ou água de anil bem forte; deixe a roupa repousar nessa água por alguns segundos, e depois estenda na sombra. (Fazer de preferência à noite.)
As peças de lã preta também conservarão bem a sua cor se forem lavadas ou enxaguadas na água onde se cozinhou espinafre.

TOALHA DE BANHO: Ficam sempre macias, se enxaguadas em água com um pouco de vinagre e não forem passadas a ferro.
Para tirar cheiro de mofo dessas toalhas e das de mesa, dos panos de copa ou dos guardanapos, devido à umidade dos armários, basta fervê-los numa solução de bicarbonato de sódio, na proporção de duas colherinhas (café) para um litro de água.
Fonte: Retirei essa ifirmações do livro Sebastiana Quebra – Galho.


TIRANDO MANCHAS:
1) Batom - Esfregue um pouco de álcool no tecido manchado antes de lavar.
2) Bebidas Alcoólicas - Em geral, essas manchas saem com éter. Depois, enxágue com água.
3) Bolor - Ferva o tecido manchado numa água contendo um pedaço de couro de bacalhau ou use a própria água em que o bacalhau foi fervido.
4) Café - Lave com água morna e glicerina.
5) Caneta esferográfica - Manchas de esferográfica saem se esfregarmos ligeiramente com leite azedo ou com uma mistura de leite e vinagre. Repita a operação várias vezes.
6) Carvão - Esfregue um pedaço de miolo pão fresco.
7) Coca-cola - Se deixar cair algum líquido na roupa, como coca cola, tire-a com água fria. A água morna vai fixar a mancha.
8) Ferro de passar - O ferro muito quente deixa uma marca amarelada e feia no tecido. Quando isso acontecer, passe água oxigenada sobre a parte afetada e lave em seguida com água.
9) Ferrugem - Coloque sal sobre o tecido manchado, pingue algumas gotas de limão, deixe secar sob o sol e depois lave.
10) Frutas - Coloque leite fervente sobre a mancha e deixe até o dia seguinte. Lave.
11) Gordura - Se algum tecido ficar com manchas de gordura, experimente colocar um papel absorvente embaixo da mancha e passar com ferro bem quente.
12) Graxa - A margarina vegetal ajuda a tirar manchas de graxas. Coloque um pouco sobre a sujeira, deixe por alguns minutos, depois lave normalmente com água e sabão.
13) Máquina de lavar - Você não prestou atenção e uma peça de roupa escura manchou sua roupa na máquina de lavar. De preferência, não a deixe secar com a “nova cor”. Coloque-a em água com um pouco de sabão em pó, numa panela e dê uma fervida, rápida.1
4) Mofo - Mancha de mofo nos tecidos sai fervendo a peça em uma solução de água e bicarbonato de sódio, na proporção de 4 colheres de chá por litro de água.
15) Ovo - Lave com água fria, não use água quente que vai fixar ainda mais a mancha. Antes de lavar, use uma pasta de sal (sal com gotinhas de água) sobre a mancha.
16) Tinta a óleo - Manchas de tinta a óleo, devem ser limpas com solvente ou aguarrás, gasolina ou benzina.
17) Facilitador geral - Sal ajuda a tirar a maioria das manchas. Na dúvida, antes de usar qualquer produto para tirar manchas no tecido, passe um pouco de sal para facilitar a retirada.

Fonte: Universiti.


Tags: , , ,

Compartilhe:

Deixe seu comentário: